programa



intercâmbios

O PROURB possui reconhecida tradição em convênios e intercâmbios, tanto nacionais como internacionais. O projeto institucional do programa tem como pilar a articulação do ensino, da pesquisa e do intercâmbio, entendendo que a produção do conhecimento passa também pelas trocas estabelecidas entre instituições e pesquisadores externos ao Programa. Isto garante um continuo dinamismo e uma atualização permanente dos conhecimentos e reflexões teóricas e metodológicas do corpo docente.

CONVÊNIOS INSTITUCIONAIS INTERNACIONAIS

– Rede Internacional de Pesquisadores F(u)P – Futuros urbanos possíveis ; UFRJ, Universidad Politécnica de Madrid (Espanha), Universidad Nacional de La Plata (INVI) (Argentina), Universidad de Chile/Santiago (Chile)
– Convênio Institucional PROURB/FAU/UFRJ e Instituto Universidade de Arquitetura de Veneza (IUAV, Itália) (co-tutela)
– Convênio Institucional PROURB/FAU/UFRJ e Universidade Politécnica de Madrid (co-tutela)
– Archimundus – Building up Quality in Architectural Education – Erasmus Mundus – European Comission. IES participantes Escolas de Arquitetura e Urbanismo de países latino americanos e europeus (12 da Europa e 17 da América Latina); e Associações: Associações de Escolas de Arquitetura na Europa (EAAE), USA e Canada (ACSA) e América Latina (ARQUISUR, UDEFADAC e UDEFAL), e a National Architectural Accreditation Board (NAAB) dos USA.
– Programa NoPa (Novas Parcerias) CAPES/DAAD/GIZ. Instituições parceiras: Universidade Federal do Paraná (ìCurso de Arquitetura e Urbanismo – Programa de Poìs-GraduaçaÞo em Engenharia da ConstruçaÞo Civil); Technische Universität München (Fakultät für Architektur Lehrstuhl für Bauklimatik und Haustechnik), Universidade Federal do Rio de Janeiro (PROURB – Programa de Pós-graduação em Urbanismo – FAU/UFRJ); Ministeìrio do Planejamento, Orçamento e GestaÞo (Secretaria de Logiìstica e Tecnologia da InformaçaÞo – SLTI – MP); Ministeìrio da Cultura (Instituto do Patrimônio Histoìrico e Artiìstico Nacional – Centro Regional de FormaçaÞo para a GestaÞo do Patrimônio – IPHAN). Titulo do projeto: Eficiência Energeìtica e Sustentabilidade nos Edifiìcios Puìblicos Brasileiros. Missões de estudo de alunos de graduação, mestrado e doutorado e missões de trabalho de professores
– Projeto ADU 2020 – Reestruturando a educação Superior para o Século xxi no campo da Arquitetura, Design e Urbanismo. Comunidade Econômica Européia. Projeto Alfa III. Países participantes: Argentina, Bélgica, Bolívia, Brasil, Chile, Cuba, Colômbia, Costa Rica, Ecuador, Espanha, Grécia, Guatemala, Panamá, Paraguai, Peru, Suécia, UK, Venezuela.
– Convênio CAPES COFECUB, Projeto Gestão Integrada e Sustentável das Águas em Áreas Metropolitanas Brasileiras e Francesas: novas questões relacionadas ao acesso universal aos serviços de saneamento e às mudanças climáticas; Instituição do proponente Brasil : PROURB /UFRJ; Instituição proponente francesa: CIRED (Centre International de Recherche sur L’économie et le Développement) do ENGREF Agro Paris Tech (École Nationale du Génie Rural, des Eaux et Forets); Instituições colaboradoras: COPPE/UFRJ, IPPUR/RJ, DESMA, PPGEngAmb/UERJ, LATTS/França, ENPC/Paris/França, GSP/ENGEES/Strasbourg, CHERPA/IEP/Aix en Provence/França (2011- atual), COORDENAÇÃO PRINCIPAL: PROURB.
– Convênio AUF, L’Agence universitaire de la Francophonie (AUF) – La gouvernance environnementale urbaine : l’action publique et les changements climatiques, coordenação principal PROURB.
– INCT/CNPq/FAPERJ, Projeto Observatório das Metrópoles, coordenador IPPUR/UFRJ; membro integrante da rede: PROURB, apoio MCT.
– Rede Interinstitucional Métropoles, Inégalités et Planification Démocratique (MIPD), (DEUT/UQAM, IE/UdeM et ESAD/UL), Quebec, Canadá, (CEUR/UBA) Argentina e (IPPUR- UFRJ, PROURB e FAU-USP), Brasil, coordenação, IPPUR/UFRJ.
– Rede interinstitucional Rede de Políticas Públicas (UFRJ, Fiocruz, UERJ), (2010/2012), Projeto PRONEX, apoio Faperj e CNPq, membro integrante PROURB, coordenação IPPUR/UFRJ.
– Programa Consórcios em Educação Superior Brasil-Estados Unidos, CAPES/FIPSE (UFRJ, UFPR, University of Cincinnati, University of Florida), Projeto Desenvolvimento Sustentável e o Ambiente Construído, (ago 2008- jul 2012), coordenação principal PROURB.
– Ministério das Cidades SNSA nº 1/2009 projeto O Estudo Panorama do Saneamento Básico no Brasil Contemplando: Visão Estratégica, Diagnóstico Técnico, Social, Econômico e Institucional e Cadernos Temáticos Sobre o Contexto Atual do Saneamento Básico (PROURB, UFMJ, IPPUR/UFRJ, UFBA).
– Programa de Pesquisa Interinstitucional Paisagem Urbana e Tutela do Direito à Cidade (UFRJ/UERJ/PUC-Rio/UFRGS/OAB-RJ).
– Projeto Interinstitucional Direito à Cidade e Paisagem Urbana e Interpretação, Universidade de Madeira e Universidade do Minho.
– Projeto interinstitucional Pluralismo Jurídico e Direito à Cidade, com Universidade de Camerino, Italia e OAB/RJ.
– Projeto Interinstitucional Relações de Consumo, Crédito e Superendividamento, com a Universidade de Chamberry.

PROGRAMAS DE COOPERAÇÃO ACADÊMICA E SOLIDARIEDADE NO PAÍS VIGENTES

– DINTER- UFMT-UNEMAT
– PROCULT – Programa ProCultura CAPES/Ministério da Cultura, Projeto: Cidade e cultura: rebatimentos no espaço público contemporâneo. Articulação de três Programas de Pós- Graduação: PPG História/UFMG, PPG AU/UFBA e PROURB/FAU/UFRJ (2010-2011), Apoio CAPES/MinC, coordenação pela UFRJ, PROURB.
CONVÊNIOS NACIONAIS VIGENTES
– ABAP-Rio (Associação Brasileira de Arquitetos Paisagistas), para a realização de trabalhos e eventos na área de Paisagismo. Núcleo de Pesquisas em Paisagismo (NEP).
– OAB/RJ – Ordem dos Advogados do Brasil – Diretoria de Pesquisas.
– Fundação Casa de Rui Barbosa/ Grupo de Estudos Oitocentos com o objetivo de promover a difusão e o debate das pesquisas que vêm sendo realizadas sobre a arquitetura e o urbanismo oitocentistas e a institucionalização da formação em Arquitetura e Belas-Artes no país.

INTERCÂMBIOS DE COOPERAÇÃO TÉCNICA, ASSESSORIAS E EXTENSÃO VIGENTES COM OUTRAS IES

– Convênio PROURB/INCT Observatório das Metrópoles – grupo de pesquisa e formação funcionando na forma de um instituto virtual, reunindo mais de 200 pesquisadores de 51 instituições dos campos universitário (programas de pós-graduação), governamental (fundações estaduais e prefeitura) e não-governamental, sob a coordenação conjunta do IPPUR/UFRJ, FASE/RJ. Financiadores: CNPq, MCT, FAPERJ.
– Intercâmbio de cooperação científica e técnica com do LeU/PROURB e PPGAU/UFBA – Desenvolvimento da cronologia do pensamento urbanístico.
– Projeto de pesquisa Interinstitucional REDE INFORIO. Acesso dos pobres à cidade informal e mobilidade residencial nas favelas: características da mobilidade residencial dos pobres e do mercado informal urbano no Estado do Rio de Janeiro, envolvendo sete IES: UFRJ (PROURB e IPPUR), UFF, UFRRJ, UENF, PUC RJ, UCM e Centro Universitário de Volta Redonda.
– Intercâmbio de pesquisa: Universidade Federal de Santa Catarina. Projeto Interinstitucional Paisagem Urbana e Direito Urbanístico.
– Projeto Interinstitucional Casa Solar Flex – (UFSC, UFRJ, USP, UNICAMP, UFRGS), desenvolvimento de projeto arquitetônico da Casa Solar Flex, visando a participação no Solar Decathlon Europe, organizado pela Universidade Politecnica de Madri; apoio Eletrobrás, FUSP, CAPES, Saint-Gobain e Phillips.

INTERCÂMBIOS DE EXTENSÃO OU SOLIDARIEDADE COM A UFRJ OU OUTRAS INSTITUIÇÕES

– Projeto Inclusão Urbanística e Social Vila Residencial. Em parceria com 30 unidades da UFRJ, envolvendo 32 bolsistas. Subprograma inclusão urbanística da FAU/UFRJ. Projeto PIBEX./UFRJ.
– Projeto Integrado de Apoio Tecnológico e Social a Favelas Cariocas, Morro dos Prazeres, Rio de Janeiro.
– FIOCRUZ – Assessoria e Consultoria sobre regularização fundiária e implementação de instrumentos jurídico-urbanísticos do Estatuto da Cidade no campus FIOCRUZ de Jacarepaguá.

INTERCÂMBIOS DE ENSINO NACIONAIS

Trata-se de intercâmbios que resultam em projetos submetidos à editais PROCAD/casadinho ou outros da CAPES ou do CNPq. Esses intercâmbios permanecem após a conclusão do projeto.

– Universidade Federal de Santa Catarina
– Universidade Federal da Paraíba
– Universidade Federal do Paraná – (no âmbito da CAPES/FIPSE)
– Universidade Federal do Paraná (no âmbito do NoPa/CAPES/DAAD/GTZ)
– Universidade Estadual do Maranhão
– Universidade Federal do Mato Grosso
– Universidade Estadual do Mato Grosso
– Universidade Federal Fluminense

PARCERIAS COM ORGANIZAÇÕES NÃO GOVERNAMENTAIS OU FUNDAÇÕES

– Parceria com a FASE – Federação de Órgãos para Assistência Social e Educacional para o Trabalho Sócio Ambiental do Projeto de Controle de inundações, Urbanização e Recuperação Ambiental das Bacias dos Rios Iguaçu, Botas e Sarapuí.
– Parceria com a Associação Chiq da Silva – associação voltada para a proposição e realização de projetos arquitetônicos e urbanísticos com ênfase social e cultural
– Observatório de Favelas – parceria de cooperação técnica
– Rede Waterlat – Governabilidade e da Cidadania na Gestão da Água e da Saúde Ambiental na América Latina – rede de pesquisadores da Europa e América Latina, vínculo com a comunidade de pesquisa GOBACIT (Asia e Africa) coordenada pelo Prof. Esteban Castro, School of Geography, Politics and Sociology da Universidade Newcastle, Reino Unido.
– Rede Wassup – Uma abordagem interdisciplinar para a urbanização contemporânea – rede de pesquisadores da Suíça, França, Brasil, Canadá, Emirados Árabes, África do Sul e Índia, coordenada pelo prof. Yves Pedrazzini, do Laboratório de Sociologia Urbana da Escola Politécnica Federal de Lausanne, Suíça (LASUR/EPFL).

CONVÊNIOS INTERNACIONAIS DE ASSESSORIA TÉCNICA
– Banco Mundial/Cities Alliance e BID- Avaliação Urbanística e dos Arranjos Institucionais de Programas de Melhoramentos de Bairros.

OFICINAS DE PROJETO OU DISCIPLINAS CONJUNTAS
O PROURB tem a prática de regularmente oferecer disciplinas conjuntas ou oficinas de projeto com outras IES do país ou estrangeiras. No ano de 2012 participou do Workshop de Projeto na PUC-Valparaíso (disciplina Atelier III) no PROURB. No ano de 2013 está prevista a realização de dois workshops de projeto em conjunto com outras IES estrangeiras e com a participação de alunos das diversas IES: um no âmbito do intercâmbio de cooperação com a PUC-Valparaíso (recursos aprovados pela FAPERJ) e outro no âmbito do Projeto Alfa ADU 2020 (recursos da União Européia).
Participação no Programa DINTER
O PROURB foi pioneiro na área de arquitetura e urbanismo, ao propor em 2006 o primeiro DINTER na área com a Universidade Estadual do Maranhão (iniciado em 2007), finalizado em 2011.
Em 2010, através do Edital CAPES Novas Fronteiras, o programa teve a aprovação do DINTER com a Universidade Federal de Mato Grosso e a Universidade Estadual de Mato Grosso (DINTER-UFMT-UNEMAT), cujas atividades acadêmicas terão início em março de 2011. No processo seletivo realizado em setembro de 2010 e foram aprovados 11 alunos. O DINTER-UFMT-UNEMAT segue as mesmas premissas didático-pedagógicas do DINTER-UEMA, com as diferenças específicas decorrentes do Edital da CAPES Novas Fronteiras.
A proposta considerou como pontos de base os seguintes aspectos:
1- a formação doutoral deve ser calcada na pesquisa acadêmica e na produção do conhecimento;
2 – a pesquisa acadêmica requer um treinamento especifico, incluindo participação em grupos de pesquisa consolidados, permanente diálogo com pesquisadores doutores, bibliotecas e bibliografia atualizada;
3 – as teses produzidas devem ser originais e apresentar estruturação e conteúdo teórico-metodológico compatíveis com o rigor científico;
4 – a qualidade do curso oferecido à turma especial DINTER deverá ser a mesma oferecida aos alunos regulares do Programa.
5 – a disponibilização de recursos bibliográficos e fontes de conhecimento e informação tornaram-se acessíveis com a popularização da internet, viabilizando o acesso à informação atualizada sobre a produção cientifica e acadêmica da área;
6 – a comunicação interpessoal em tempo real é possível através dos recursos da internet, facilitando as trocas à distância;
Principais convênios interinstitucionais nos últimos 3 triênios.
Laboratoire Techniques Territoires et Sociétés Ecole Nationale de Ponts et Chaussées, CERNA (Laboratoire d’Économie Industrielle) Écoles des Mines de Paris, CIRED (Centre International de Recherche sur L’économie et le Développement), Laboratoire GEA (Gestion de l’Eau et de l’Assainissement) de l’ENGREF (École Nationale du Génie Rural, des Eaux et Forets), concluído em setembro de 2009; Projeto Alfa – A Meta-University in Architecture: a feasibility study – ARCHINET (Project n° II-0059-A). Meta University – Intercultural Master in architecture. Alfa-exchange project (contract nr. AML/B7-311/97/0666/II-0418-FA-FCD). Formação nível de mestrado envolvendo as seguintes instituições: Hogeschool Voor Wetenschap & Kunst – Sint Lucas Architectuur – Bélgica (coordenação geral). PROURB/FAU-UFRJ – Brasil. Universidad de Belgrano – Facultad de Arquitectura – Argentina. ISPJAE – Havana – Cuba. Strathclyde University – Glasgow UK. Universidad Sevilla – Espanha. TU Eindhoven – Holanda. Universidad Católica de Chile). Financiado pela CEE (Comunidade Econômica Européia); CAPES/COFECUB (com a Ecole d’Architecture Paris Belleville); CAPES/COFECUB (com a Université de Paris X, e Bordeaux III e PPGAU-UFBA), CAPES/DAAD/PROBRAL (com a Bauhaus-Universität Weimar), URBAMEDIA (com Universidade de Buenos Aires), e com o Grupo de Pesquisa ABACUS (University of Strathclyde, Glasgow), o GT Urban Water Conflicts, da UNESCO, e o laboratório LAIOS / CNRS, entre outros. Citamos ainda cooperações acadêmicas com: Universidade do Porto – Portugal, Universidade de Buenos Aires, Universidade de Nápoles, Università degli Studi di Napoli L’Orientale, AAA, Londres, UK; Cornell University –EUA; Politecnico di Milano, Terza Università, Roma, ICTP, Trieste, Universidade Técnica de Berlim. A UT Berlim esteve inserida em um projeto PROBRAL anterior; em 2008 a cooperação foi retomada com o projeto UNIBRAL, envolvendo a graduação e a pós-graduação (ainda em andamento em 2010).



Publicado em 12/02/2013